sexta-feira, 22 de março de 2013

Resultado da Assembleia Geral dos Estudantes da UniverCidade

Ontem quinta-feira, dia 21/03 às 18:30h, na entrada do Campus Gonçalves Dias da UniverCidade, localizada na Rua Gonçalves Dias, n° 56 - Centro, foi realizada a Assembléia Geral dos Estudantes da UniverCidade. Também participaram os Docentes (Professores) da UniverCidade, o Sindicato dos Professores do Rio (Sinpro-Rio), o Sindicato dos Médicos do Rio (SinMed RJ), a União Estadual dos Estudantes (UEE) e alunos da Universidade Gama Filho (UGF).

A Assembléia teve como pauta:

1 - Campanha pela intervenção do Ministério da Educação (MEC) na UniverCidade e Gama Filho.
2 - Cassação da homologação da Galileo Educacional como mantenedora de ambas as instituições de ensino.
3 - Depósito em juízo ou não pagamento das mensalidades, mediante resolução judicial que respalde os alunos.
4 - Realização de uma Greve Estudantil dos Alunos da UniverCidade para formalização do congelamento do calendário acadêmico.
5 - Calendário de lutas do movimento estudantil.

Compareceram 102 alunos de diversos cursos da UniverCidade e Gama Filho, como Administração, Hotelaria, Direito, Marketing, Engenharia de Produção e Ambiental, Contábeis, Biologia., entre outros.

Depois de muitos debates, foram deliberadas as seguintes propostas pela Assembléia:

1 - Realizar uma campanha pela intervenção do MEC na UC e UGF, onde representantes das duas instituições tentaram uma audiência com o Ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Durante a Assembléia, foram recolhidas algumas contribuições para que um representante do DCE da UC possa ir até Brasília, juntamente com o SinMed RJ, Sinpro-Rio e o Camed (Centro Acadêmico Albert Sabin de Medicina da UGF), estes que na quarta feira, dia 20/03, estiveram por lá. Ao final da Assembléia, foi recolhido o montante de R$ 157,80.

Para quem ainda não sabe, um grupo do Camed, formado por 4 estudantes, juntamente com a UNE (União Nacional dos Estudantes), foram até Brasília formalizar uma denúncia junto à Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), vinculada ao MECRepresentantes do Sinpro-Rio e do SinMed RJ também foram à Seres para discutir a situação com o secretário Jorge Messias. Lembrando que, este foi o mesmo quem permitiu a transferência de mantença das faculdades para o grupo Galileo Educacional, em maio do ano passado.
Como resultado dessa reunião com Jorge Messias, o Seres publicou no Diário Oficial a suspensão da autonomia do grupo Galileo Educacional e cobrou a apresentação de diversas informações sobre o grupo, no prazo de 10 dias. (Publicação completa do Diário Oficial no link do site Sinpro-Rio)
http://www.sinpro-rio.org.br/atualidades/noticias-gerais-2013-mar-21-seres-suspende-autonomia-galileo.php

Segue abaixo o link com a reportagem do Opinólogo e o comunicado no site do Camed, informando com mais detalhes o resultado da ida à Brasília.



2 -  Cassação da homologação da Galileo Educacional como mantenedora de ambas as instituições de ensino, haja visto que ao longo de todo esse tempo que assumiu a mantença das duas instituições, não foram cumpridas nenhuma das promessas feitas por eles, muito pelo contrário, estão acabando com as faculdades, denegrindo e desgastando toda a reputação e prestígio alcançado ao longo de todos os anos de existência de ambas e ainda demostrar que não existe nenhum comprometimento com a educação, desenvolvimento da sociedade e administração de ambas as faculdades, não restando dúvidas dá péssima mantença e falta de credibilidade com os alunos, professores e funcionários das duas instituições.

3 - Na próxima semana, os DCEs da UniverCidade e Gama Filho, este que será criado na próxima assembléia dia 25/03 na entrada do campus Piedade , abrirão CNPJ e entrarão com um pedido na justiça de forma coletiva para o não pagamento das mensalidades, aumentando a pressão em cima da Galileo Educacional. Para os alunos bolsistas, foi decidido realizar um movimento de pressão para congestionar o  "fale conosco" no site do MEC e no telefone do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), com objetivo de "quebrar o silêncio" dos Ministérios.

Abaixo segue o link do "fale conosco" do MEC:
http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_wrapper&view=wrapper&Itemid=17

Abaixo segue o endereço e telefone da sede e ouvidoria do MPRJ:
Sede MPRJ:
Av. Marechal Câmara, n° 370 - Centro - Rio de Janeiro, RJ - Brasil - CEP 20020-080 

Telefone da Sede do MPRJ: (21) 2550-9050
Telefone da Ouvidoria-Geral do MPRJ: 127

4 - Deflagração de uma Greve Estudantil dos Alunos da UniverCidade, em virtude da omissão até o momento do do MEC e pela formalização do congelamento do calendário acadêmico, pois existem poucos professores que estão furando a greve, o que só prejudica aos estudantes.

5 - For fim, foi montando um calendário de lutas do movimento estudantil., que começa com a participação no Ato Público dos Professores na Sede da Galileo Educacional, localizada na rua Sete de Setembro, n° 66 - Centro, na próxima terça-feira, dia 26/03 às 12h. No dia 27/03 às 18h no mesmo local, acontecerá uma nova manifestação dos alunos da UC, onde os alunos da UGF também são convidados. No dia 03/04, em Brasília, existe um indicativo de  audiência com o Ministro da Educação, Aluízio Mercadante. Durante a próxima semana, esse indicativo será confirmado. No dia 04/04, o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ensino Superior Privado do Rio de Janeiro será votado na Alerj, onde haverá uma grande manifestação em apoio a aprovação do relatório.

A próxima Assembléia dos Estudantes da UC será marcada após a manifestação do dia 27/03, na sede da Galileo Educacional. A Ata da Assembléia está disponível na página do Facebook do DCE da UC.

Gostaríamos de agradecer e parabenizar pelo comparecimento dos Estudantes da UC e UGF, dos Professores da UC, Sinpro-Rio, SinMed RJ e UEE, mostrando que o movimento "FORA GALILEO" se fortalece a cada dia e vem ganhando mais espaço na mídia e agora adentrando o Senado. Temos certeza que, se continuarmos na OFENSIVA E UNIDOS, conseguiremos acabar com essa OMISSÃO por parte do MEC e alcançar o nosso objetivo: A intervenção do MEC nas nossas faculdades e a cassação da homologação da Galileo Educacional como mantenedora de ambas as instituições, exterminando de uma vez por todas essa "quadrilha".

Abaixo estão algumas fotos da Assembléia histórica que ocorreu na Gonçalves Dias.



Ao fundo, Letícia Portugal, Presidente do DCE da UC




Momento de uma das votações


Perfil do DCE da UniverCidade no Facebook:
https://www.facebook.com/dce.univercidade
Email do DCE:
dceuc2012@gmail.com



"Saudações a quem tem coragem"